Sobre o Feminismo

Muitos homens reclamam que são socialmente injustiçados, aposentam mais tarde, morrem mais cedo. De fato, acho justo muito do que dizem, mas injusto a forma que fazem. Reclamam do movimento feminista, critidando suas bandeiras, pedindo que alguém haja por eles, como crianças.

Homens morrer mais cedo por serem exigidos a manter sozinhos sua família, por se sujeitarem a trabalhos que ninguém deveria se sujeitar, por serem cobrados para serem fortes, criticados por preocuparem-se com a saúde, por não poderem ter sentimentos, medo…

Se há algo que devem encher os pulmões para falar, não devem fazer sendo os mesmos homens machistas que criticam as mulheres e homens por preocuparem-se consigo mesmos. Devem sim pedir para terem as mesmas liberdades que as mulheres, sentir, adoecer, se cuidar e ser cuidado.

Anúncios

Filmes para a Vida

Quando iniciei a faculdade fiz uma disciplina optativa de cinema.

Gentilmente o professor nos ofereceu uma lista de filmes que saiam dos clássicos como “O Vento Levou”, “Girassóis da Rússia” ou “Dr. Zhivago” e também não tendia aos que ouvimos falar com mais frequencia, como as animações, “Harry Potter”, “Senhor dos Anéis”, “Star Wars”, “Jogos Vorazes”…

Nada contra esses filmes, pelo contrário, gosto muito, mas há outros filmes às vezes menos falados, mas essenciais para nossa vida!

No link abaixo terão acesso à lista dos filmes:

Filmes para a Vida

Inseri uma coluna para que possam avaliar conforme queiram e para indicar se já viram ou não. Está com as avaliações dos que já assisti.

Espero que gostem e aproveitem!

Cabelo de fogo

Olá!

Já tem uns anos que venho em busca do ruivo perfeito e tentei muito apenas ter a cor sem ter que descolorir. Acontece que desisti e o efeito foi esse:

15420857_1156824034355287_6224245751588973045_n

 

Amei! Fiz um ombré ruivo, o tom foi com o banho de brilho da Keraton Cobre.

Mas como sabemos nunca nos contentamos e eu queria mais que amor, queria paixão e minha paixão no momento era o cabelo de fogo.

Pesquisei algumas opções, muitas me encantaram, outras não tinha coragem nem de considerar:

4fc18ca0528f6909009c833e64b508a1ombre-ruivo-loiro

Optei na medida do possível por algo mais discreto.

Como a tinta do Keraton desbota tipo… na terceira lavagem, meu cabelo ficou loiro acobreado (cor das pontas) em duas semanas. Passei então o Keraton cobre só da raiz até a metade do cabelo e o efeito foi esse:

cabelo-de-fogo-1

Mas eu ainda não estava completamente contente, achei que o contraste da raiz castanha com o ruivo estava muito forte T.T e o trabalho de passar o banho de brilho da Keraton só até a metade saia tão rápido.

Usei então meu fiel companheiro Color Touch 7/43 da Wella.

tonalizante-color-touch-7-43-louro-medio-vermelho-dourado-60g-wella-0030658

Antigamente usava apenas para dar brilho, mas como queria algo mais forte dessa vez comprei a emulsão reveladora da Aquaflora de 20 vol. 

Please meninas, USEM TONALIZANTE APENAS E FAÇAM TESTE EM UMA MECHA senão o ombré ou mechas somem!!!!

1) Passei o tonalizante apenas na raiz. Acaba indo um pouco para a franja, nuca, normal, é até melhor, só não deixa encostar nas pontas de forma alguma!

2) Prendi com cuidado para não manchar as pontas do cabelo. Cuidado na hora de prender, se puder, não prenda.

3) Deixei 40 min, tirei o tonalizante

4) Passei o Keraton Banho de brilho Cobre da raiz até metade do cabelo para igualar.

5) Esperei a hidratação de novo

e aqui está o resultado:

cabelo-de-fogo-2

Ainda tem bastante contraste com a raíz, mas o vermelho igualou e agora estou apaixonada! Com o tonalizante essa cor chega a durar 20-30 dias. Assim o trabalho compensa.

Qualquer dúvida estou aqui para esclarecer.

 

 

Sapatos Amados – Refazendo-os

Olá!

Sou uma pessoa muito apegada a alguns sapatos que tenho e muito inconformada com o fato de durarem tão pouco. Como há trabalhos que nem sapateiros resolvem ponho a mão na massa.

O caso abaixo serve para todo o tipo de sapato que o revestimento começa a sair, geralmente são imitações de couro/nobuck que depois de uns 2 anos começa a descamar.

img_2969

O que deve fazer:

  1. FORRAR COM JORNAL e descascar todo o “couro” do tecido: usei a escova da minha gata para isso, ela não pareceu se importar. Mas pode usar algum outro material abrasivo que encontre na sua casa, veja apenas se as cerdas não vão danificar o tecid que fica por baixo.img_2971

2. Pintar com tinta de tecido: pintar com tinta de tecido é quase a mesma coisa que guache, só tomem cuidado com a roupa! O pé que está masi pretinho é o que já pintei, da para ver que está umido na parte superior. O pé branquinho é o que ainda precisa de uma pintura.

img_2966

3. Espere secar

4. Passe mais uma mão de tinta se verificar que ainda há manchas

Fim! bota novinha e parcialmente impermeável, a tinta de tecido não deixa muito a água passar.

A espera de um milagre – A procrastinação

Essa palavra feia que eu arriscaria dizer simplesmente não existia há alguns anos parece ser atualmente, junto ao estresse e depressão um dos maiores problemas da sociedade moderna. Não faltam páginas para indicar o que ela é e como te prejudica, mas faltam páginas que te orientem a fugir dela.

Não sou psicóloga, mas tenho uma vasta experiência em procrastinação e ela me diz:

 

TODA VEZ QUE PROCRASTINO ALGO É PORQUE NÃO QUERO FAZER ALGO QUE NÃO GOSTO

Ou seja:

Se tenho que estudar e arrumar o quarto, vou arrumar o quarto.

Se tenho que estudar e correr/ir a acadêmia, vou por a legging e correr.

Se tenho que estudar e fazer bolo, faço bolo.

 

Enfim, não gosto de estudar! E já me tornei uma artista para não estudar. O mais incrível da procrastinação que ninguém fala é a incrível capacidade de nos fazer, fazer coisas!

 

SUGESTÃO

Descubra o que está procrastinando:

A forma mais fácil é ver para onde costuma a fugir mais, se acessa o facebook uma vez por minuto, pare e reflita: o que havia pensando antes de pegar o celular? Provavelmente é disso que está fugindo.

Segundo passp:

Questione-se porque precisa fazer o que não gosta. É para atingir um objetivo que gosta? Esse objetivo vale mesmo tanto a pena?

Se a resposta foi sim recomendo:

  • Escreva ou tenha um símbolo do seu objetivo maior em algum lugar que possa ver e lembrar ao longo do dia.
  • Se obrigue a fazer as coisas que gosta até que aquilo se torne tão chato quanto o que está procrastinando, no meu caso seria, arrumar a casa o dia inteiro, no final do dia a vontade de estudar surge naturalmente.

Se a resposta for não, aborte a missão e vá fazer algo que gosta já de primeira. E nada de virar hippie se tiver menos de 40, guarde dinheiro para sua terceira idade, isso será importante se chegar a ela.

 

Agora um motivo que não vejo muito falarem é a causa real desse texto e uma das maiores fontes de minha procrastinação atualmente:

 

TODA VEZ QUE PROCRASTINO ALGO É PORQUE ESTOU A ESPERA DE ALGUMA COISA

Vago não?

Na prática fica assim:

Preciso estudar, gosto de estudar e não estou estudando. O celular parece mais interessante, tudo no celular parece mais interessante, inclusive a matéria de 2013 sobre uma mulher de 3 peitos.

Não estou fazendo o que gosto e troquei ainda por algo que não fede nem cheira.

Muitos fazem isso com grande freqüência, vão longe na internet em busca de aparentemente nada.

Eu diria que estão a espera de um milagre.

Esperamos as vezes a mensagem de um amigo (a) especial

Esperamos ser uma pessoa que não somos

Esperamos que nos tornemos mais fortes e determinados do que somos

Esperamos que a solução apareça no próximo clique.

 

Essa é a procrastinação mais perigosa, que no fundo eu diria que está associada a primeira com base em algo que acredito:

NÃO GOSTAMOS DAQUILO QUE NÃO SABEMOS POR ONDE COMEÇAR.

O que não tem começo, o desconhecido, gera medo, o medo gera a fuga e aí está a base da nossa procrastinação.

Isso vale para o amor não correspondido que não sabemos onde enfiar o que sentimos nem como gerar isso em quem amamos

Vale para a prova de Calculo quando vemos a prova chegar e ainda estamos confusos com a lógica de uma equação.

 

A solução afinal é encontrar um começo que te seja agradável e ir por partes para enfrentar o monstro, ou aceitar, que nem toda a batalha se vence.

 

Meu lado hippie esquerdista conspiratório acredita que na verdade o problema não seja a palavra em si, mas o sistema que obriga as pessoas a sempre terem que fazer algo produtivo em um espaço em que sobram improdutividades a serem praticadas e estou me referindo diretamente às redes sociais, mas posso agregar a isso, o shopping, blogs, conhecimento inútil, que podem trazer prazer pessoal, mas salvo poucos casos, não ajudam em nada a sociedade/capitalismo a se desenvolver.

Grupos: Ovelhas negras ou patinhos feios?

voce-e-a-ovelha-negra-por-andre-kummer-1

Desde a nossa infância somos orientados a termos grupos de amigos, eles vão nos proteger nas brigas, vão formar o time de futebol, vão acobertar os pequenos delitos.

Através de grupos nos protegemos, através de grupos atacamos.

Com o tempo, ter um grupo se torna mais do que apenas proteção, mas status. É necessário ser de um grupo, religioso, politico, cultural, social. Uma pessoa com vários grupos de amigos é bem vista, se torna alguém “desejado pela sociedade”, suas publicações nas redes são sempre em festas, bares, churrascos e são freqüentes, o que a torna ainda mais popular.

Estar sozinho é ser a ovelha negra, aquela que se desgarra do bando por ser diferente, aquele que se sente excluído, que quer partilhar ideias das quais ninguém partilha, é sair com um amigo e correr o risco de em algum momento ouvir aquele silêncio desconfortante em que ninguém sabe o que dizer. É ter tempo para poder ver no olhar do seu amigo que ele não está bem e saber que apenas você pode fazer algo para ajudá-lo.

Mas questiono, isso pode ser desconcertante se ainda temos medo, mas é tão ruim?

Quando estamos a sós com um amigo podemos falar dos nossos sentimentos mais profundos sem interrupções, sem segundas, terceiras e quartas opiniões. Você tem apenas os sinais do seu amigo para ler e sabemos, que a comunicação entre humanos está muito além das palavras, compreende-lo então se torna mais fácil. E então quando o silêncio surge em sua conversa ele se torna uma palavra de amor que diz “sua presença basta para me fazer bem”.

O silêncio no entanto que mais desconforta é aquele que temos quando estamos de fato sozinhos, quando conquistamos algo ou perdemos algo e queremos dividir com alguém, olhamos em volta e estão todos ocupados com seus afazeres.

Esse silêncio machuca e nos diz uma infinidade de coisas, todas negativas: você está sozinho, não é amado, é estranho, ninguém quer ouvir você.

A solução desta questão está na identidade e segurança. Se você conseguir se identificar e assim ter segurança de quem é terá a mente livre para a criatividade, para ser diferente sem medo de se sentir sozinho.

Somos seres sociais, não vou negar, mas precisamos antes de sermos sociais, apenas sermos.

A aceitação dos outros vai trazer alegria, mas sentirá um vazio assim que a platéia se afastar e você sentir que está só novamente. 

Talvez enchendo sua vida de afazeres não sinta esse vazio, mas prefiro apostar em um mundo de pessoas solitárias que sabem se relacionar em sociedade. Neste mundo haverá espaço para a criatividade sem críticas, para se sonhar, cientistas malucos serão apenas cientistas, os diferentes não serão excluídos eles farão a diferença, poderão expor suas ideias que serão apenas ideias não “maluquices”.

Acredito que muitos solitários são patinhos feios, se vêem diferentes dos demais e querem pertencer a um grupo, quando na verdade são lindos cisnes, quando tiverem sua própria segurança e suas asas puderem sustentá-los serão livres para voar para onde quiserem, seus pensamentos poderão fluir com o vento, se unir a outros pensamentos livres e construir um mundo menos superficial e inseguro.

Economizar Shampoo – Dicas para dias de crise

Olá!

Este post é muito mais do que uma dica de economia, mas também de cuidado com o couro cabeludo.

Muitas vezes, principalmente para quem tem cabelos longos, a tarefa de passar shampoo em todo o cabelo se torna árdua, porque aquele liquido cremoso parece ir para todos os lugares, menos onde você precisa dele. Isso resulta em acumulo de shampoo em algumas áreas do couro o que pode inclusive favorecer a queda de cabelo.

A solução para isso está a nossa frente ou em qualquer salão de beleza mais próximo:

pote

Sim, aquele frasco de pintar o cabelo.

Deixe sempre um em seu box, quando for lavar o cabelo:

  1. coloque um dedo (no máximo!!) de shampoo nesse frasco
  2. encha até as letrinhas com agua morna do chuveiro.
  3. Agite o quanto conseguir (irá formar espuma) tampando o bico com o dedo indicador para não vazar.
  4. Aplique no cabelo com uma mão enquanto mexe para formar espuma com a outra.
  5. Enxague
  6. Repita o procedimento
  7. Lave o frasco e guarde de ponta cabeça até a próxima lavagem

Fim!

Observações

*Se formar muita espuma logo de primeira reduza a quantidade do shampoo

*Gosto de repetir a aplicação porque sinto o cabelo mais limpo e geralmente, mesmo tendo o cabelo até a cintura, um frasco desse da para lavar, enxaguar e lavar de novo.

*Não guarde o que sobrou e lave o frasco retirando a espuma, os resíduos podem formar fungos e a espuma vira uma gosma que depois cola no cabelo… enfim, use tudo e deixe o frasco de ponta cabeça até a proxima lavagem.

Espero que tenham gostado, parece trabalhoso mas garanto que é mais ráipido e bem melhor para o cabelo e para o bolso!

 

 

Retirar a Maquiagem – Dicas para dias de crise

*Conheça sua pele, se tem pele sensível tome cuidado com os testes.

Sempre fui muito pão dura, mas tirar a maquiagem com sabão e água é um processo sofrido, longo e demorado. Tentei usar o shampoo da Johnson infantil (chega de lágrimas), mas aquele molhaceiro na pia ainda era inevitável, fora que as vezes ainda garantia a maquiagem de panda.

maquiagem panda

Até que em um momento de fúria resolvi tentar um hidratante, sim! Hidrantante para tirar a maquiagem. E o melhor, funcionou :)

A vantagem é que creme hidratante, diferente de demaquilante é algo que ganhamos fácil e não precisamos gastar com ele.

Nesta demonstração usei:

  1. Caneta delineadora da Avon (ela costuma a ser mais forte, mas está acabando)
  2. Delineador líquido da Maybelline
  3. Lápis para olhos da Payot
  4. Algodão (aqueles de rolo mesmo, não precisa ser o especial para remover maquiagem e evite o papel higiênico, ele se desfaz)
  5. Creme hidrantante, nesse caso o Cuide-se bem de Leite e Mel da Boticário

 

O processo resumidamente consiste em passar o hidratante com o algodão sobre a maquiagem, esperar uns 5 segundos até umedecer e retirar a maquiagem com o mesmo algodão.

  1. Coloque o hidratante no algodão e esparrame, se deixar como está na foto há riscos de entrar no olho.
  2. Aplique delicadamente sobre a maquiagem e deixe por uns 5 segundos para hidratar (da para ver na foto o brilho do hidratante levemente acumulado)
  3. Passe novamente o mesmo algodão umas 3 vezes e terá no máximo uma sombrinha da maquiagem.

Tirei foto da minha mão porque achei mais fácil demonstrar e poupa vocês de me verem :P

 

Observações:

*Se o algodão ficar muito sujo umedeça outro algodão com hidratante e passe novamente

*Gosto de lavar o rosto no final para retirar qualquer resíduo

* Seja sempre delicada com sua pele, nunca puxe a pele ou friccione

*É possível usar outros hidratantes, mas recomendo os mais suaves

*Se ainda ficar resíduo lave o rosto e repita a aplicação

 

A arte de engolir sapos

download

 

Com uma aparência que já causa desagrado à maioria das pessoas, os sapos, verdes e sebosos, enganam aqueles que acham que eles podem ser sempre escorregadios. Um sapo apenas escorrega garganta adentro se dominar a arte de engoli-los.

Não nos faltam chances de duelarmos com este mal amado anfíbio garganta adentro, se talvez fosse uma perereca, poderiam agradar mais a alguns.

Quando os primeiros sapos entram em nosso cardápio choramos e esperneamos, tudo parece possível, menos engolir aquele animal gosmento cheio de compridas pernas. Eles são aquela bolacha prometida  e não comprada por seu pai, aquele trabalho em grupo que só você fez, mas todos ganharam nota.

Gritamos ao mundo como aquilo é injusto talvez gritando o sapo não escorregue goela adentro.

Até que a vida adulta chega e os sapos que deve engolir afetam o rumo da sua vida, a promoção destinada aquele que só cantava e nada fazia, a ajuda sozinho aos pais idosos quando se tem irmãos, a demissão não merecida, o julgamento sem provas…

Seja então maior que seus sapos, cresça e aceite-os como se fossem um aperitivo da vida, te ensinando que nem todas as batalhas se deve vencer, mas que todas te trazem uma mudança e uma lição.

Quando aceitar os sapos em sua dieta perceberá o quanto podem ser nutritivos para a vida, te dando forças para caminhar e ver o outro lado.

O novo emprego que pode conseguir, a proximidade da família que pode ganhar, a falsidade que rondava, uma trilha nova a seguir.

Não posso dizer que será fácil, mas quem disse que era para ser?

Ode aos olhos escuros

Dizem que os olhos são o espelho da alma.

Cantam-se as cores destes magníficos espelhos, azuis, verdes, mel, em elegantes cavaleiros sobre cavalos brancos e em princesas guerreiras ou indefesas.

Esquecidos ficam os espelhos com a cor da noite. Quando lembrados reservam-se a eles os olhos dos vilões, da maldade.

Por muitos anos, como muitos, desejei ter os puros olhos azuis.

Mas os anos me ensinaram que sua pureza está na sua transparência e sem nenhum remorso suas pupilas delatam seus donos e demonstram, o amor, o medo, a paz, a raiva.

Meus olhos tem mistérios, que só se revelam quando desejo. Além de fiel amigo, ele não reflete a alma, mas permite que um bom observador veja aquilo que observa, refletindo o mundo como um espelho.

Tenho em meus olhos o mundo, meu encanto.

Talvez não sejam o espelho da alma, mas trazem em si o enigma da esfinge: Decifra-me ou devoro-te.

E se em algum dia você, com seus olhos de jabuticaba, ainda desejar ter olhos claros, encontre o único capaz de desafiar seu mistério, o Sol. Respeite-o, nunca olhe diretamente, mas permita que ele revele a força de sua alma. Verá um espelho vermelho e intenso tal qual aquele que o revelou.

olhos