Marcas deixam marcas: Premiação às empresas com pior imagem no mercado

O Oscar vai para:

GAP!!!! 

Recentemente foi publicado o Public Eye Awards uma premiação para as empresas com a pior imagem no mercado, considerando o histórico social e ambiental.

A GAP fo a ganhadora de 2014, e minha pergunta é: Por que a GAP?

A acusação a Gap se deve após o desastre em Rana Plaza, ocorrido em 24 de abril de 2013, quando um prédio de oito pisos desabou em Savar (Bangladesh), matando 1135 pessoas.

rana_plaza

O “zoom” desta foto preferi não colocar (fonte: desconhecida)

Ao surgirem rachaduras nas paredes do prédio, todos foram alertados quanto ao risco, mas optaram por continuar em funcionamento, alegando que era seguro, o desabamento ocorreu no dia seguinte.

As fabricas instaladas no prédio produziam roupas para mais de 100 empresas tais como:

  •  Grupo Benetton
  •  The Children’s Place
  •  Primark
  •  Monsoon
  •  DressBarn
  •  H&M
  •  Mango
  •  Marks & Spencer
  •  Tesco
  •  Matalan
  •  Zara’s
  •  PVH (proprietaria da Calvin Klein e Tommy)

Depois do desastre os sindicatos organizaram um acordo compulsório, o qual a Gap se recusou a assinar, sendo esta a principal causa da escolha da GAP para o Hall of Shame do Public Eye Awards 2014.

 

RESPONSÁVEIS

O governo:

  • O governo diz que fechará 16 fábricas em uma primeira fase visando melhorar a segurança dos trabalhadores.
  • Também ja havia criado uma comissão para coordenar inspeções nas 4500 fábricas têxteis de Bangladesh.
  • Até 08 de maio teriam sido detidas 12 pessoas para invesigação, dentre elas o proprietário do edifício, que tentou fugir.

As empresas:

  • Bom a Benetton se acha sustentável:  Sustentabilidade
  •   “The Children’s Place” declara em seu site que está unida a uma Aliança que visa fortalecer e proteger os trabalhadores das fabricas de Bangladesh, através da prática da transparencia empresarial e com metas mensuráveis de melhorias.Devo dizer que me convenceu.
  •  A Primark ao que parece também esta tentando remediar a inação, através da assinatura do mesmo Acordo/Aliança; do desenvolvimento de programas de auxilio e; da destinação de 2 milhões de dólares em carater emergencial a todos os trabalhadores que escaparam com vida.

Mas até aí fazer publicidade de sustentabilidade e  de apoio aos trabalhadores acho demais e como podem ver nos links, eles fazem!

 

Para mim parece o ruim e velho marketing… a não ser que em menos de 1 ano eles tenham resolvido ser uma boa empresa… DE VERDADE

 

Enquanto isso a GAP…
A principio ela se recusou a participar da aliança, depois creio que algum bom senso tenha vindo e eles em outubro de 2012 aceitaram assinar o acordo.
Contudo acho bem curioso ler a pagina deles: GAP

 

Com textos emotivos, falando da profunda tristeza que sentem com AS tragédias de Bangladesh e ao mesmo tempo alegando que produziam apenas exporadicamente no local do incêncio (sim, eles são tão responsáveis que participaram tanto do incêndio na Fábrica Tazreen, quanto desse desmoronamento e ainda de um outro incendio na fabrica Aswad Knit)

 

Honestamente, não entendi a perseguição com a GAP, nenhuma das empresas que citei tiveram boa conduta, varias aparecem em matérias de outros incendios. A GAP é de fato uma honorável reincidente, contudo assinou em 2012 e em 2014 esta sendo punida por não ter assinado o acordo?

 

Será que estão faltando empresas para dar o prêmio do Hall da Vergonha de 2014? Não, não acho…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s