Queria ser criança de novo: A inveja do que não existiu.

Ninguém perguntou, mas devo dizer: Acho que menosprezamos as dificuldades infantis.

criança e adulto

Quantas vezes não pensamos:

Quando eu era criança era mais fácil.

Os problemas das crianças são tão simples!

 

A questão é que:

Sempre que já passamos uma situação e superamos, ela automaticamente vira algo “fácil”!

Isso não quer dizer que ela seja de fato fácil. Não é porque o maior problema da criança é “fui o ultimo a ser escolhido no time” ou “o estojo dela é mais bonito” que esse problema é menor do que a chance de você ficar desempregada (o) ou que suas dificuldades de relacionamento.

Ainda que seus problemas afetem a  todos, seja com uma mudança gerada por uma separação, seja com dificuldades financeiras, seu problema NÃO vai reduzir a dificuldade enfrentada por uma criança, que só vai entender DE FATO o risco e medo de sua situação se um dia estiver nessa situação.

Cada coisa a seu tempo.

crianca-brincando1

Já ouvi quem argumente “Mas uma escolha errada agora irá afetar minha vida e estou ficando velha(o) pode não ter volta, crianças podem errar e voltar e errar de novo.”

Sim sim, crianças ainda tem a vida toda pela frente! MAS uma frase mal colocada na escola pode gerar um trauma que levará para o resto da vida ( talvez você tenha uns e nem saiba) afinal, ela está construindo suas referencias, a noção do que deve ou não ser dito e feito, e nessa situação errar é bem fácil!

Se saber se comportar quando somos adultos nem sempre é uma tarefa fácil, imaginem para quem acabou de chegar a esse mundo?

mundo_crianca

Ainda que pensem que eles não se preocupam com isso, observem melhor, lembrem-se (se conseguirem) do que pensavam, “impressionar meus pais”, “a menina bonita da escola”, “a professora”, “ser popular”.

Enfim, não é porque alguns no mundo precisam de agasalho que outros deixarão de precisar de comida. Dificuldades são dificuldades ponto. Se para você parecem simples é porque possui experiência. Então vamos parar com o mimimi “Era mais fácil” e praticar:

1) Chega de invejar a infância e sua aparente “irresponsabilidade”;

2) Observe mais e admire-se por já ter aprendido tanto;

3) Coloque por alguns minutos seus problemas de lado e ouça os problemas do outro com a atenção que dá aos seus;

4) Se for solicitado, ajude. Ainda que o pedido seja: “Venha ver o que descobri”;

5) Oriente sem preguiça: criança preguiçosa é sinônimo de algo errado, o mesmo deve valer para adultos.

 

Assim descobrirá novamente o prazer de aprender, ser desafiado e enfrentar os desafios, com a coragem e o sorriso de uma criança.

brincar2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s