A espera de um milagre – A procrastinação

Essa palavra feia que eu arriscaria dizer simplesmente não existia há alguns anos parece ser atualmente, junto ao estresse e depressão um dos maiores problemas da sociedade moderna. Não faltam páginas para indicar o que ela é e como te prejudica, mas faltam páginas que te orientem a fugir dela.

Não sou psicóloga, mas tenho uma vasta experiência em procrastinação e ela me diz:

 

TODA VEZ QUE PROCRASTINO ALGO É PORQUE NÃO QUERO FAZER ALGO QUE NÃO GOSTO

Ou seja:

Se tenho que estudar e arrumar o quarto, vou arrumar o quarto.

Se tenho que estudar e correr/ir a acadêmia, vou por a legging e correr.

Se tenho que estudar e fazer bolo, faço bolo.

 

Enfim, não gosto de estudar! E já me tornei uma artista para não estudar. O mais incrível da procrastinação que ninguém fala é a incrível capacidade de nos fazer, fazer coisas!

 

SUGESTÃO

Descubra o que está procrastinando:

A forma mais fácil é ver para onde costuma a fugir mais, se acessa o facebook uma vez por minuto, pare e reflita: o que havia pensando antes de pegar o celular? Provavelmente é disso que está fugindo.

Segundo passp:

Questione-se porque precisa fazer o que não gosta. É para atingir um objetivo que gosta? Esse objetivo vale mesmo tanto a pena?

Se a resposta foi sim recomendo:

  • Escreva ou tenha um símbolo do seu objetivo maior em algum lugar que possa ver e lembrar ao longo do dia.
  • Se obrigue a fazer as coisas que gosta até que aquilo se torne tão chato quanto o que está procrastinando, no meu caso seria, arrumar a casa o dia inteiro, no final do dia a vontade de estudar surge naturalmente.

Se a resposta for não, aborte a missão e vá fazer algo que gosta já de primeira. E nada de virar hippie se tiver menos de 40, guarde dinheiro para sua terceira idade, isso será importante se chegar a ela.

 

Agora um motivo que não vejo muito falarem é a causa real desse texto e uma das maiores fontes de minha procrastinação atualmente:

 

TODA VEZ QUE PROCRASTINO ALGO É PORQUE ESTOU A ESPERA DE ALGUMA COISA

Vago não?

Na prática fica assim:

Preciso estudar, gosto de estudar e não estou estudando. O celular parece mais interessante, tudo no celular parece mais interessante, inclusive a matéria de 2013 sobre uma mulher de 3 peitos.

Não estou fazendo o que gosto e troquei ainda por algo que não fede nem cheira.

Muitos fazem isso com grande freqüência, vão longe na internet em busca de aparentemente nada.

Eu diria que estão a espera de um milagre.

Esperamos as vezes a mensagem de um amigo (a) especial

Esperamos ser uma pessoa que não somos

Esperamos que nos tornemos mais fortes e determinados do que somos

Esperamos que a solução apareça no próximo clique.

 

Essa é a procrastinação mais perigosa, que no fundo eu diria que está associada a primeira com base em algo que acredito:

NÃO GOSTAMOS DAQUILO QUE NÃO SABEMOS POR ONDE COMEÇAR.

O que não tem começo, o desconhecido, gera medo, o medo gera a fuga e aí está a base da nossa procrastinação.

Isso vale para o amor não correspondido que não sabemos onde enfiar o que sentimos nem como gerar isso em quem amamos

Vale para a prova de Calculo quando vemos a prova chegar e ainda estamos confusos com a lógica de uma equação.

 

A solução afinal é encontrar um começo que te seja agradável e ir por partes para enfrentar o monstro, ou aceitar, que nem toda a batalha se vence.

 

Meu lado hippie esquerdista conspiratório acredita que na verdade o problema não seja a palavra em si, mas o sistema que obriga as pessoas a sempre terem que fazer algo produtivo em um espaço em que sobram improdutividades a serem praticadas e estou me referindo diretamente às redes sociais, mas posso agregar a isso, o shopping, blogs, conhecimento inútil, que podem trazer prazer pessoal, mas salvo poucos casos, não ajudam em nada a sociedade/capitalismo a se desenvolver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s